Guia de Cidades
GuiaTeleSulFerramentasGuia de CidadesVolta Redonda, RJ
História
Corria o ano de 1727, quando os jesuítas, após demarcarem a Fazenda Santa Cruz, na baixada que ainda hoje guarda este nome, cruzaram a Serra do Mar abrindo caminho para a colonização do Médio Vale do Paraíba. No ano seguinte foi aberta uma estrada ligando Rio de Janeiro a São Paulo.

Somente em 1744, no entanto, os primeiros desbravadores denominaram a curiosa curva do Rio Paraíba do Sul, de Volta Redonda, quando a região era explorada apenas por garimpeiros em busca de ouro e pedras preciosas.

Grandes fazendas foram instaladas na região, com alguns nomes que ficaram até hoje, como Três Poços, Belmonte, Santa Cecília, Retiro e Santa Rita. Entre 1860 e 1870, a navegação pelo Rio Paraíba do Sul viveu seu período áureo entre Resende e Barra do Piraí. Ao mesmo tempo, os trilhos da Estrada de Ferro D. Pedro II chega à Barra do Piraí e Barra Mansa.

Por volta de 1875, o povoado de Santo Antônio de Volta Redonda começa a ter grande impulso, contando perto de duas dezenas de estabelecimentos comerciais. As primeiras aspirações de autonomia do lugarejo surgem em 1874, quando os moradores pleiteiam a elevação do povoado à categoria de freguesia Somente no ano de 1926 Volta Redonda conseguiria o seu estabelecimento definitivo como oitavo distrito de Barra Mansa.

Em 1941 tem início o ciclo de industrialização de Volta Redonda, escolhida como local para instalação da Usina Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em plena II Guerra Mundial, marcando as bases da industrialização brasileira.

Este interessante acidente geográfico - a volta redonda - que havia sido berço de nações indígenas como a dos Puris e Acaris, que teve a presença de grandes exploradores, barões do café, escravos, barqueiros e agricultores, cedia lugar aos operários vindos das mais diversas regiões. Seus novos moradores perceberam a desvantagem da dependência do distrito para com o município-sede em 1954. Após uma série de marchas políticas, Volta Redonda conquista sua emancipação em 17 de julho, marcando um novo ciclo no desenvolvimento de sua história. Em 1973, o município foi considerado Área de Segurança Nacional, situação que prevaleceu até 15 de novembro de 1985, quando foram restabelecidas a eleições diretas para prefeito.

Hoje, Volta Redonda está diante de uma nova realidade. A privatização da CSN constitui-se num marco divisor, desencadeando novas situações, novos desafios com os quais a cidade se vê frente a frente e deles definitivamente não poderá se esquivar. O planejamento tornou-se inadiável e, por isso, a atual administração determina como seu principal objetivo repensar a cidade, definindo metas que venham implementar o desenvolvimento econômico e social do município e consequentemente da região.

A geração de empregos e a melhoria da qualidade de vida da população são pontos fundamentais do programa de governo. Toda a atenção é direcionada para a conquista de fatores que beneficiem Volta Redonda de maneira direta e indireta. A administração municipal se esforça para que as mais diversas atividades econômicas venham se instalar no município, aumentando o nível de emprego e a arrecadação tributária.

A alternativa escolhida é a de solucionar, no mais curto espaço de tempo, os problemas dessa nova realidade e, para que isso aconteça, todos os segmentos da administração e da sociedade certamente darão sua parcela de contribuição.
Cultura e Lazer
COMPANHIA SIDERÚRGICA NACIONAL - CSN
A CSN foi fundada em 9 de abril de 1941, e iniciou suas operações em 1º de outubro de 1946. A usina é um marco no processo brasileiro de industrialização, pois foi a primeira produtora de aço do país. Privatizada em abril de 1993, no governo Itamar Franco, passou por um profundo processo de reestruturação, o que a transformou num dos maiores complexos siderúrgicos da América Latina, com capacidade de produção de 5,8 milhões de toneladas anuais de aço bruto.
COMPLEXO ESPORTIVO OSCAR CARDOSO
O Complexo Esportivo Jornalista Oscar Cardoso, no bairro Aero Clube, conta com uma estrutura de quatro campos de futebol, vestiários, playground, um miniestádio e é onde se localiza o Kartódromo Municipal Ayrton Senna, onde existe uma escola pública de kart.
ESTÁDIO GENERAL SÍLVIO RAULINO DE OLIVEIRA - O "ESTÁDIO DA CIDADANIA"
Um dos mais modernos estádios de futebol do País e situado no bairro Nossa Senhora das Graças, o Estádio General Sílvio Raulino de Oliveira, também conhecido simplesmente como "Raulino" e ultimamente como "Estádio da Cidadania" é o primeiro a abrigar em seu interior um grande complexo de esportes, lazer, saúde e educação. Tem capacidade para vinte e um mil espectadores e quando não há partidas, a população tem acesso gratuito à orientação de profissionais para a prática de atividades esportivas. É ainda a "casa" do Volta Redonda Futebol Clube, ou Voltaço, principal time de futebol do Sul Fluminense.
FAZENDA SANTA CECÍLIA
Uma das grandes e importantes fazendas oriundas dos desmembramentos ocorridos nas extensas sesmarias da região do Vale do Paraíba Fluminense, em meados de 1820. A fazenda foi adquirida pelo governo do estado do Rio de Janeiro, em 1º de setembro de 1941, e doada à CSN com o objetivo de viabilizar a instalação da Usina e da Vila Operária, hoje Vila Santa Cecília.

Para garantir a preservação do ecossistema, todos os equipamentos de esporte e lazer foram colocados à disposição do público na área da Fazenda Santa Cecília, que vem a ser o entorno da Reserva da Mata da Cicuta. Foram instaladas placas indicativas em diversos pontos da reserva, para orientar os visitantes de que a entrada na mata é proibida. A principal preocupação é garantir a integridade do espaço e criar uma cultura ambientalista direcionada para a população e os visitantes.
FAZENDA SANTA CECÍLIA DO INGÁ
É a maior área verde da cidade, com 211 hectares. Desde novembro de 2005, o local foi transformado num Parque Natural Municipal, aberto à visitação pública. Fica a cerca de 10 quilômetros do Centro de Volta Redonda, no bairro Santa Cruz. No local são produzidas 5000 mudas de árvores por mês, que recompõem áreas degradadas do município.
ILHA SÃO JOÃO
A Ilha São João, além de ter o maior ginásio da cidade e um miniestádio, é sede de algumas secretarias municipais e conta com uma boa estrutura para eventos, feiras e exposições, sendo o local normalmente escolhido para grandes eventos no Município. Nela também se situa a única escola pública de Hipismo do Brasil.
MEMORIAL 9 DE NOVEMBRO
O Memorial 9 de Novembro, de autoria do arquiteto Oscar Niemeyer, foi inaugurado no dia 1º de maio de 1989, na Praça Juarez Antunes, na Vila Santa Cecília, em homenagem aos três operários da CSN (William, Walmir e Barroso), mortos durante conflito com as tropas do Exército, que aconteceu na greve dos operários em 1988.

No dia seguinte à inauguração, por volta das três horas da manhã, o local foi parcialmente destruído por um atentado à bomba. Com a explosão, o memorial tombou para frente, ficando preso apenas pelos vergalhões. O memorial é composto por um bloco de concreto com imagem de três corpos em baixo relevo. O do meio é transpassado por uma lâmina, também de concreto. A pedido do próprio Niemeyer ele não foi remodelado e sim mantido como ficou. O arquiteto pediu ainda que se colocasse a seguinte frase em uma placa: " Um monumento aqueles que lutam pela Justiça e pela Igualdade ". Foi reinaugurado em 12 de agosto de 1989.
MEMORIAL AOS EX-COMBATENTES
Localizado na Praça Monte Castelo, no bairro Sessenta, foi construído em homenagem justa àqueles que lutaram na frente de batalha em defesa da Democracia e da Soberania Nacional na Segunda Guerra Mundial.

O memorial está tombado desde 29 de dezembro de 1992, através do Decreto nº 4319, considerando que a Lei Municipal nº 2075, de 6 de novembro de 1985, institui o tombamento de bens que devam ficar sob a proteção especial do poder público municipal.
MEMORIAL ZUMBI DOS PALMARES
Situado na Vila Santa Cecília, é dedicado à cultura afro-brasileira e homenageia Zumbi dos Palmares. Composto por um anfiteatro e um salão de exposições, é utilizado para manifestações da cultura negra e outros eventos culturais em geral. A escultura em homenagem a Zumbi foi concebida a partir de um concurso público realizado em 1989 pela Secretaria Municipal de Cultura. É composta por três peças de aço produzidas pela CSN. Reinaugurado no dia 5 de novembro de 2004 (Dia Nacional da Cultura) o memorial foi projetado pelo arquiteto Celso Dal Bello e faz parte do corredor cultural da Vila Santa Cecília.
MERCADO POPULAR
Com uma Praça de Alimentação que funciona de segunda-feira a domingo, durante 24 horas por dia, o mercado popular situa-se na Vila Santa Cecília e possui em seu entorno, à esquerda, a Praça Brasil; à direita, a Universidade Federal Fluminense; ao fundo, o Colégio Estadual Manuel Marinho e, em frente, o Banco do Brasil.

Foi inaugurado em 27 de abril de 2001, com o objetivo de estruturar e organizar o mercado informal na Vila Santa Cecília, concentrando os ambulantes que atuavam no entorno da Praça Brasil. A construção em alvenaria e estrutura metálica abriga 92 quiosques com comércio diversificado e uma praça de alimentação, com diversas lanchonetes.
OBELISCO GETÚLIO VARGAS
O monumento é um obelisco em formato quadrangular, pesando mais de 900 toneladas de granito e medindo 27 metros de altura. Possui em sua larga base uma superfície esculpida em baixo relevo com representação dos quatro principais setores da CSN: a coqueria, o alto-forno, a aciaria e a laminação. A obra ostenta ainda os seguintes dizeres: "Ao presidente Getúlio Vargas, criador de Volta Redonda, esta homenagem: 54/59".

Ao seu redor existe um espelho d’água. A estátua em bronze de Getúlio Vargas encontra-se em pé, com a mão esquerda no bolso e a direita na posição de segurar o charuto. Ao lado, encontram-se duas figuras de mulheres nuas, simbolizando a indústria e a agricultura. Finalmente, fechando o círculo, encontra-se a escultura em bronze do operário siderúrgico, com indumentária característica. O obelisco, assim como a Praça Brasil, encontra-se tombado pelo Patrimônio Histórico do município.
SEDE DA FAZENDA TRÊS POÇOS
O atrativo é afastado do centro urbano, no bairro Três Poços, em área arborizada, com alamedas e canteiros gramados. Possui em seu entorno a Fundação Osvaldo Aranha (FOA), alguns morros e um grande jardim com árvores de grande e médio porte, além de arbustos e flores.

A construção, que desde 1970 abriga a Escola de Engenharia de Volta Redonda, era propriedade do Comendador Lucas Antônio Monteiro de Barros. Após sua morte, sua viúva assumiu a administração da Fazenda e ao falecer, deixou-a em testamento aos padres beneditinos.

Atrás dela encontram-se ruínas de uma beneficiadora de arroz, onde hoje funciona uma oficina que atende à escola. Nos fundos dessa oficina havia um alambique e em uma das fachadas há a inscrição "1864".
ZOOLÓGICO MUNICIPAL - "PARQUE MUNICIPAL DA CRIANÇA"
Localizado no bairro Vila Santa Cecília, numa área verde de 150 mil metros quadrados, o Zoológico Municipal de Volta Redonda, também conhecido como "Horto Municipal" e oficialmente nomeado "Parque Municipal da Criança", completou 25 anos em 2006. Conta com quatrocentos animais de cem espécies diferentes e uma excelente estrutura para receber os visitantes, sendo uma das opções de lazer mais concorridas da cidade, principalmente em finais de semana e feriados, devidos também à proximidade com a Mata da Cicuta com uma das reservas de Mata Atlântica do Município. É também o único zoológico do interior do estado do Rio de Janeiro.
Previsão do Tempo
Qua - 22/11
27°C   19°C
Chuva
Qui - 23/11
23°C   19°C
Chuvoso
Sex - 24/11
26°C   17°C
Possibilidade de chuva
Sab - 25/11
29°C   19°C
Possibilidade de chuva
Dom - 26/11
28°C   17°C
Pancadas de chuva
Seg - 27/11
28°C   18°C
Pancadas de chuva
    
Telefones Úteis
Corpo de Bombeiros(24) 3347-2193 - (24) 3347-1234Av. Gov. Luis Monteiro Portela, nº 346, Aterrado
Hospital Municipal do Retiro(24) 3345-4444 r225 - (24) 3346 6478 - (24) 3346 6583Av. Jaraguá, 1020 – Retiro
Hospital São João Batista(24) 3342 4244 - (24) 3348 4412 - (24) 3348 3161Rua Nossa Senhora das Graças, 235 - São Geraldo
Polícia Civil - 93ª Delegacia(24) 3347-1066Av. Rua Lucas evangelista, nº 667, Centro
Secretaria de Turismo(24) 3339-9132
Vigilância Sanitária3289-2400